ENEM 2012 – Linguagem, Códigos e suas Tecnologias

18 de maio de 2012

Universia Brasil menciona e explica tudo o que deve cair na prova de Linguagem, Código e Tecnologias do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012 para que você direcione melhor seus estudos.

O edital do Enem não cita autores, mas sim competências óbvias de um estudante de literatura

Uma dúvida frequente dos alunos brasileiros é o que cai no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). A prova é tão ampla que, normalmente, se esquece de que a prova tem sim conteúdos específicos. Por isso, fique sabendo o que deve constar no exame para que você possa direcionar melhor seus estudos e não perca tempo com assuntos que não cairão.

De acordo com o edital de 2011, o que será cobrado na prova de Linguagem, Códigos e suas Tecnologias será:

1 – Estudo do texto: as sequências discursivas e os gêneros textuais no sistema de comunicação e informação

Nesta competência, é importante que você entenda bem sobre modos de organização textual. Ou seja, saber se é uma narração, uma descrição, uma dissertação; se está em primeira ou terceira pessoa; o tipo de narrador, etc. É necessário também saber como diferentes esferas (públicas ou privadas) produzem textos e quais as diferenças entre eles.

2 – Estudo das práticas corporais: a linguagem corporal como integradora social e formadora de identidade

Aqui o Enem abordará questões que falam sobre linguagem corporal. Questões de vivência, como morar fora e identidade juvenil são possíveis temas. Fique atento também a mitos e verdades sobre os corpos masculino e feminino em nossa sociedade, exercícios físicos e saúde, o corpo e a expressão artística e cultural, o corpo no mundo dos símbolos e como produção da cultura (pense como o corpo dos homens e das mulheres foram mudando ao longo da história, principalmente devido a questões estéticas e possibilidades de alimento), condicionamentos e esforços físicos, esporte, dança, lutas, jogos e brincadeiras.

3 – Produção e recepção de textos artísticos: interpretação e representação do mundo para o fortalecimento dos processos de identidade e cidadania

O que o Enem pede nesta competência são conhecimentos sobre artes visuais, teatro, música e dança. Preste atenção nos conteúdos estruturantes destas linguagens artísticas, elaborados a partir de suas estruturas morfológicas e sintáticas (não se esqueça que a dança, o teatro, as artes visuais e a música são linguagens; por isso têm estruturas morfológicas e sintáticas da mesma forma que o português convencional).

4 – Estudo do texto literário: relações entre produção literária e processo social, concepções artísticas, procedimentos de construção e recepção de textos

É a boa e velha literatura. O edital não cita autores, mas sim competências óbvias de um estudante de literatura. Por isso, estude a literatura brasileira e portuguesa. Algumas questões, de acordo com o edital de 2011, devem estar relacionadas com outras artes. Por exemplo, uma pintura de Boticelli relacionada com algum poema de Camões, já que ambos são classicistas.

5 – Estudo dos aspectos linguísticos em diferentes textos: recursos expressivos da língua, procedimentos de construção e recepção de textos

Aqui é importante entender como o texto, em toda a sua forma, constrói um sentido, ideia, ponto de vista. E, ao mesmo tempo, observar estruturas menores do texto e as relações lógico-semânticas entre elas. Ou seja, um texto tem uma ideia principal, macro; mas também tem pontos menores, ligados por estruturas gramaticais, para formar uma ideia macro.

6 – Estudo do texto argumentativo, seus gêneros e recursos linguísticos: argumentação: tipo, gêneros e usos em língua portuguesa

Neste tópico é necessário que você saiba bem identificar formas de apresentação de pontos de vista de um autor, como ele organizou o texto dele e como ele trabalhou a profissão textual dele. Fique atento também ao papel social e comunicativo dos interlocutores e suas relações com propósitos comunicativos, espaço e tempo produzidos.

7- Estudo dos aspectos linguísticos da língua portuguesa: usos da língua: norma culta e variação linguística

Neste caso, é importante identificar e usar a norma culta, padrão da língua. Fique atento também para trabalhar e identificar elementos de referência pessoal, temporal, espacial, registro linguístico (formal ou informal), grau de formalidade, seleção lexical (seleção das palavras usadas num texto), tempos e modos verbais (futuro, pretérito; indicativo, subjuntivo).

8 – Estudo dos gêneros digitais: tecnologia da comunicação e informação: impacto e função social

Nos outros tópicos, falou-se mais da língua na sua forma culta, padrão e escrita. Isto é, clássicos da literatura e arte. Aqui, é importante saber informações sobre a cultura de massa. Portanto, fique atento a textos digitais, caracterização dos interlocutores na comunicação tecnológica (ou seja, quem são aqueles que escrevem na rede?), os recursos linguísticos dos internautas e realizadores da cultura de massa e a função social das novas tecnologias.


Print Friendly

Comentar





Web Mail
Z13 - Sua Fábrica de Web e Multimídia